‘’A Bíblia continua sendo meu farol de esperança’’, diz primeiro-ministro de Fiji

Em uma declaração oficial, o primeiro-ministro das Ilhas Fiji, Josaia Voreqe Bainimarama, declarou que confia “na força de Deus” ao lidar com a resposta do coronavírus em seu país e não de sua própria habilidade.

O líder da nação no Pacífico Sul implorou às pessoas que permanecessem firmes e não desanimassem. “Como uma pessoa de fé, confio menos na minha capacidade, mas mais na força de Deus para me sustentar”, disse o Bainimarama.

Conforme relatado pelo The Fiji Times, o primeiro-ministro, conhecido como “Frank”, reconheceu claramente a origem de sua própria perseverança e tomada de decisões.

Ele citou histórias da Bíblia de como Deus salvou os israelitas e ele acreditava que pela fé os fijianos poderiam ser salvos.

“Lembro-me de algumas histórias famosas da Bíblia que continuam a ser meu farol de esperança. A esperança que quero compartilhar com vocês esta manhã. A esperança no meio do caos, há oportunidade”, declarou.

Fazendo referência à Bíblia, Bainimarama disse que quando Moisés e os israelitas ficaram presos entre o exército invasor do Faraó e o Mar Vermelho, ele olhou para os céus e com a orientação de Deus, Israel foi salvo.

“Moisés disse-lhes que não temessem, mas que permanecessem firmes e vissem a salvação do Senhor.”

Para encorajar os habitantes do arquipélago de mais de 330 ilhas, com cerca de 65 por cento da população se identificando como cristã – Bainimarama lembrou da conhecida história dos israelitas no deserto após a escravidão egípcia mostrando a busca de líderes por orientação celestial.

Fonte: Guiame, com informações do Fiji Times