Árvore extinta em Israel é revivida a partir de uma semente da época de Jesus

Uma árvore extinta em Israel foi revivida a partir de uma semente da época de Jesus Cristo, há 2 mil anos, encontrada por arqueólogos em Masada, sendo apontada como uma espécie de tamareira da Judeia que não existia mais.

Isso aconteceu graças ao avanço das pesquisas com ajuda do trabalho de arqueólogos israelenses, que acreditam que a espécie pode reviver parte da história milenar do país.

De acordo com a BBC News, o sítio arqueológico onde a semente foi encontrada era uma escavação em uma antiga fortificação em Israel, na região sul do território israelense. Os pesquisadores encontraram as sementes do fruto que chegou a ser considerado o símbolo do país.

“Eles disseram: ‘Você está louca?’”, contou a botânica responsável por reviver a espécie, depois de negociar com pesquisadores sobre as intenções dos cientistas de reviver a tamareira, que ao brotar foi apelidada de Matusalém, como referência ao avô de Noé.

Além da que foi batizada com o nome de Matusalém, os botânicos conseguiram cultivar mais seis árvores da espécie que antes estava extinta, um feito muito comemorado pelos cientistas.

“Gostaríamos de ter plantações de tâmaras da Judeia. Gostaríamos de trazê-las de volta ao cultivo e distribuí-las ao mundo”, disse Elaine Solowey, responsável pelo projeto.

Fonte: Gospel Prime